PortuguêsInglês
PRÁTICAS AMBIENTAIS
HOTEL ROSA DOS VENTOS
Teresópolis, RJ 
Brasil 
 
Apresentação 
 
O presente documento destina-se a relacionar as práticas de sustentabilidade adotadas no Hotel Rosa dos Ventos com vistas à disseminação entre seus hóspedes, visitantes inclusive do site do Hotel, vizinhos e comunidade local boas práticas ambientais que podem ser adotadas por todos. 
 
Background 
O Hotel Rosa dos Ventos é membro fundador da Associação de Hotéis Roteiros de Charme 
 
A Associação de Hotéis Roteiros de Charme é uma entidade privada fundada em 1992, que congrega atualmente 59 hotéis, pousadas e refúgios ecológicos independentes, situados em 16 Estados e 51 destinos turísticos. 
 
O Código de Conduta Ambiental da Associação, adotado por todos os Associados desde 1999, foi desenvolvido levando em conta a realidade brasileira e as informações sobre resultados de programas ambientais na área de turismo adotados em diversos países, o que foi disponibilizado pela UNEP - United Nations Enviornment Programme, Paris.
 
Práticas de Sustentabilidade no Hotel Rosa dos Ventos 
As práticas de sustentabilidade do Hotel Rosa dos Ventos são descritas nos itens a seguir, organizadas segundo estrutura padrão de apresentação adotada pela Associação Roteiros de Charme. 
 
Conservação da Energia 
 
Práticas de conservação de energia – Medidas estruturais 
 
1. Isolamento térmico dos telhados; 
2. Uso de claraboias, janelas e outros meios para aumentar a iluminação natural de ambientes diminuindo a necessidade de iluminação elétrica durante o dia; 
3. Painéis solares de polietileno para aclimatização das piscinas; 
4. Painéis solares para aquecimento da água para banho em todos os apartamentos; 
5. Utilização de equipamentos de fabricação recente e de elevada eficiência energética nas seguintes situações: (i) cozinha (câmaras frigoríficas, geladeiras, freezers; fornos, fogões e salamandras elétricos e/ou a gás); (ii) lavanderia ( lavadoras, extratoras, calandras e maquinas de secar e de passar); (iii) motores e bombas de uso do hotel e da fazenda; 
6. Uso de madeira de plantio sustentável para sauna e aquecimento de ambientes por lareiras com aproveitamento do calor gerado para o aquecimento da água através de serpentinas e do ar através de um sistemas de dutos para distribuição de ar quente.. 
7. Implantação de um sistema de abastecimento de água exclusivamente por gravidade para todo o hotel, acumulando a sobra das nascentes mais altas em reservatórios interligados (240 mil litros) em diversas cotas de altitude, dispensando o uso de bombas. 
 
Práticas de conservação de energia – Medidas gerenciais e boas práticas 
 
8. Uso de lâmpadas eletrônicas de baixo consumo (frias e leds) em todos os apartamentos, áreas sociais, de serviços e jardins. 
9. Instalação de Temporizadores e ice matic´s para as câmaras frigoríficas; 
10. Uso de dispositivos temporizadores e sensores de acionamento de circuitos de iluminação nas áreas sociais; 
11. Horário determinado para o funcionamento da lavanderia, calandras etc; 
12. Práticas rotineiras da equipe como desligamento de aparelhos elétricos não usados durante a noite; 
13. Treinamento da equipe para manter desligado luzes, frigobares, TV´stand-by sem previsão de uso imediato; 
14. Procedimentos de desligamento de iluminação externa em áreas sem ocupação de hóspedes; 
15. Manutenção preventiva e limpeza de equipamentos de refrigeração; 
16. Manutenção preventiva de painéis de comando-PCs e rede interna de energia elétrica; 
17. Racionalização no uso dos fornos e demais aparelhos elétricos da cozinha 
18. Manutenção constante e racionalização no uso dos fogões e demais aparelhos a gás na cozinha 
19. Racionalização no carregamento de máquinas de lavar e secar em lavanderia; 
20. Secagem de roupas ao ar livre; 
21. Manejo sustentável de eucaliptus para abastecimento de lareiras e saunas 
 
Conservação da Água 
 
Práticas de conservação da água 
 
22. Troca de toalhas de banho segundo decisão do hóspede; 
23. Vasos sanitários com caixa acoplada de pequeno volume de descarga em todos os banheiros e toaletes; 
24. Chuveiros dos quartos com regulador de fluxo ajustados para vazão de conforto do banho; 
25. Tratamento da água das piscinas abastecidas com as sobras de água das nascentes, com a adição de produtos químicos em conformidade com as exigências das autoridades sanitárias; 
26. Abastecimento de todos os apartamentos, áreas sociais e de serviços feito por água de várias nascentes de água mineral natural fluoretada existentes na propriedade. A água é potável podendo ser bebida em qualquer torneira, além de ser disponibilizada gratuitamente em garrafas de vidro evitando o consumo de água em garrafas plásticas descartáveis; 
27. Utilização de água do lago de montanha, situado na parte mais elevada da propriedade e abastecido por águas pluviais não poluídas, para irrigação por gravidade dos jardins do hotel, sua horta e cultivo de produtos orgânicos. 
 
Gestão dos resíduos sólidos 
 
Organização da coleta seletiva no hotel 
 
28. Os resíduos recicláveis são coletados separadamente dos resíduos orgânicos na cozinha e demais setores do hotel; 
29. Os resíduos recicláveis são vendidos e o valor obtido é revertido coletivamente para os funcionários do hotel; 
30. Os resíduos orgânicos e demais restos vegetais produzidos nos jardins da propriedade são aproveitados e utilizados para produção de adubo para o horto bio do hotel 
31. O óleo vegetal ou animal usado é armazenado e destinado à produção de sabão; 
32. É disponibilizado gratuitamente aos hóspedes água mineral potável, oriunda da propriedade, em garrafas de vidro evitando o consumo de água em garrafas plásticas descartáveis; 
33. Pilhas e baterias de celular são estocadas e encaminhadas para reciclagem via ponto de coleta na cidade de Teresópolis (Banco Santander); 
34. Com apoio do programa de coleta seletiva promovido pela prefeitura, o hotel alcança uma destinação final adequada de 85% do volume de Resíduos Sólidos gerados; 
 
Gestão dos efluentes 
 
Gestão de efluentes (sistemas e práticas em uso) 
 
35. Todos os esgotos produzidos no hotel (vasos sanitários, águas usadas de pias e chuveiros, águas usadas de lavanderia) são encaminhados para sistemas modulares de tratamento e disposição dos efluentes, do tipo fossa séptica, filtro anaeróbio e vala de infiltração, situados na propriedade; 
 
Envolvimento do público alvo com as práticas de sustentabilidade 
 
Envolvimento dos funcionários 
 
Conjunto de meios utilizados pela administração do Hotel Rosa dos Ventos na manutenção de um padrão elevado de motivação dos funcionários para as práticas de sustentabilidade: 
36. Reuniões semestrais 
37. Treinamentos trimestrais para a integração dos funcionários no plano ambiental da empresa e aumento da conscientização e sensibilização dos mesmos 
38. Checklists e Rotinas de trabalho 
39. Participação na renda da reciclagem do lixo e venda de material inservível 
 
Envolvimento dos hóspedes 
 
Cardápio de formas de envolvimento utilizado: 
40. Informações no website do hotel; 
41. Fala dos funcionários; 
42. Quadro de informação e Folhetos na Recepção; 
43. Informativos nos apartamentos; 
44. Convite à prática de troca de toalha de banho segundo decisão do hóspede; 
45. Caminhadas ecológicas; 
46. Informação sobre a fauna e flora da Mata Atlântica local através de placas de informação sobre espécies da flora ao longo das trilhas e jardins e disponibilização de Guia sobre a Fauna e Flora local; 
47. Atividade de plantio de mudas de espécies nativas;
48. Água natural fluoretada das nascentes do hotel a disposição dos hóspedes; 
49. Visitas à horta orgânica, horto bio e minhocário
 
Envolvimento e incentivo à participação de fornecedores e prestadores de serviço 
 
50. Divulgação no website do hotel de informação sobre os parceiros do Rosa dos Ventos com atuação sustentável; 
51. Priorização de compra de produtos da vizinhança e região produzidos de forma sustentável; 
52. Priorização de contratação de serviços de terceiros comprometidos com os princípios do Código de Conduta Ambiental da Roteiros de Charme 
 
Envolvimento e participação em iniciativas com a comunidade no entorno 
 
53. Participação no Conselho de Turismo do município de Teresópolis 
54. Embaixador do Parque Nacional da Serra dos Órgãos -Parnaso e apoio efetivo ao projeto do fomento de turismo dos Parques da Copa e seus entornos; 
55. Participação nos programas para capacitação da população local desenvolvidos pelo SEBRAE e SENAC; 
56. Parceria com o Curso Básico de Hotelaria da região para a oferta anual de curso de agricultura orgânica e responsabilidade ambiental e social para comunidades carentes locais; 
57. Desenvolvimento de iniciativas em parceria com o empresariado local associado à Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis –ACIAT para projetos de 
sustentabilidade do turismo na região; 
58. Preferência para a contratação de mão de obra local (90 % dos funcionários são residentes 
nas localidades próximas do hotel); 
59. Treinamento no hotel de seus funcionários com a contratação de professores, inclusive no exterior; 
60. Política de incentivo aos funcionários que procuram aprimoramento profissional, concedendo ajuda de custo através de ajuda financeira e escalas de trabalho compatíveis com o horário escolar; 
61. Regeneração da Mata Atlântica em áreas de antigas pastagens na propriedade. 
 
Informação – produção e divulgação 
 
Monitoramento do consumo de energia 
 
62. O consumo de energia elétrica é acompanhado mensalmente e avaliado pela gerência; 
 
Produção de informação e divulgação 
 
63. Construção e divulgação de Indicadores periódicos das práticas de sustentabilidade do Hotel Rosa dos Ventos 
64. Disponibilização de Guia sobre a Fauna e Flora local aos hóspedes e visitantes; 
 
Licenças e certificados ambientais 
 
65. Certidão Ambiental emitida pelo INEA Instituto Estadual do Ambiente, responsável pelo licenciamento ambiental no Estado do Rio de Janeiro, e registro em cartório da Área de Reserva Legal constituída pelo Hotel Rosa dos Ventos. O programa de preservação ambiental implantado na propriedade desde 1972 permitiu, sem qualquer interferência humana, a regeneração da fauna e flora nativas locais. 
66. Certidão de regularidade ambiental emitida pela Secretaria de Meio Ambiente do Município de Teresópolis que, renovava regularmente, assegura aos hóspedes o cumprimento pelo Hotel de todas as normas de preservação ambiental. 
Check-in
Check-out
Adultos
Crianças
consultar
Estrada Teresópolis - Friburgo (RJ 130) Km.22,6 | Campanha - Teresópolis - RJ - Brasil
Tel. 21 2644 9900 / 21 2532-1197 - Fax 21 2644-9948 | Cel. (21)98014-0055 / 0800 025 1592